Pão de queijo sem polvilho não tem jeito!

postagem 27 de março de 2015

Polvilho e pão de queijo Seu Ninico

Já contamos aqui sobre o pão de queijo e também um pouco da história do Seu Ninico. Falta falar de um ingrediente fundamental para a produção dessa nossa deliciosa e tradicional iguaria mineira: o polvilho. Muita gente acredita que o polvilho venha da farinha, mas essa informação não procede: apesar de procederem da mesma raiz (literalmente) – a mandioca – os dois são produtos diferentes. O polvilho vem de uma goma de amido, resultado da mandioca amassada e depois desidratada para virar o pó branco. Já a farinha é apenas a mandioca seca e depois triturada.

Quando os portugueses chegaram ao Brasil, os índios já cultivavam a mandioca. O uso do polvilho na culinária data do século XVIII, quando se tem notícia dos primeiros biscoitos feitos com esse ingrediente. De lá pra cá, o pó branco popularizou e hoje é usado na tapioca, em bolos e biscoitos e , claro, no nosso querido e saboroso pão de queijo. É também indicado em várias dietas por não possuir glúten,  e ser indicado para os celíacos – pessoas que não podem consumir o glúten – e até mesmo para quem está naquela dieta onde está proibido o consumo de farinhas brancas.

Gostou de saber um pouco mais sobre a história do polvilho? Para saber mais sobre nossas dicas, acompanhe nosso blog e siga o Seu Ninico pelas redes sociais: Facebook, Google Plus e Instagram.

Share on FacebookShare on Google+Pin on PinterestTweet about this on Twitter